LIBERDADE SEMPRE FOI PRIORIDADE PRA MIM

Liberdade sempre foi prioridade pra mim. Foi em busca dela que eu acabei mudando pra Austrália, abandonando minha família e deixando pra trás toda a previsibilidade da minha vida no Brasil. Foi buscando liberdade que eu investi todo o meu dinheiro em viagens e não em um apartamento confortável. Foi por ela que me tornei minimalista e me treinei a ter pouca coisa

LIBERDADE SEMPRE FOI PRIORIDADE PRA MIM2020-03-05T16:33:34-02:00

QUE NESTE NATAL…

Que nesse natal você se lembre do nascimento de um irmão que, assim como você, é filho do universo, da maior energia do mundo. Que você se lembre que “ser cristo” significa ser puro amor, pura compaixão, pura união. Que você se lembre que existe um cristo em você (sim, aí dentro) que quer te ver feliz, que te ama e que te

QUE NESTE NATAL…2020-03-05T16:46:05-02:00

NEM SEMPRE DA PARA SER TUDO QUE ESPERAMOS DE NÓS MESMAS…

Nem sempre dá pra ser tudo o que esperamos de nós mesmas. Nem sempre temos clareza do caminho a seguir. Nem sempre conseguimos ser tão forte quanto já fomos. Nem sempre sabemos, ao certo, quem somos. Mas podemos sempre respirar fundo, ter paciência com o processo e continuar aos poucos, um passo de cada vez. Com o tempo a estrada se mostra, a

NEM SEMPRE DA PARA SER TUDO QUE ESPERAMOS DE NÓS MESMAS…2020-03-05T17:16:59-02:00

TALVEZ EXISTA UM “EU” QUE JA EXISTE NO FUTURO

Talvez exista uma Fernanda que já existe no futuro, uma ‘eu’ que já tomou as decisões difíceis, que já decidiu as rotas que me levarão a sucessos e a fracassos que hoje eu nem imagino quais sejam. Talvez exista, de fato, uma versão minha que eu ainda não conheço, que me convida a tomar atitudes que hoje não entendo, que me inspira a

TALVEZ EXISTA UM “EU” QUE JA EXISTE NO FUTURO2020-03-05T17:33:51-02:00

ESCOLHAS

Quando você aceita aquele trabalho que você odeia, é uma escolha. Quando você diz “sim”, quando queria dizer “não”, é uma escolha. Quando você sorri e sua vontade é chorar, é uma escolha. Quando você cala e a alma quer gritar, é uma escolha. Quando você se conforma, mas o coração dói, é uma escolha. Quando você chora, mas seca as lágrimas pra

ESCOLHAS2020-03-05T17:47:43-02:00

EU ESTOU SEMPRE LIDANDO COM MEUS ALTOS E BAIXOS…

Eu estou SEMPRE lidando com meus altos e baixos - SEMPRE. Se em um dia eu me sinto plena, realizada e inspirada do tipo “meu deus entendi o sentido da vida”, no outro eu já estou insegura, questionando minhas escolhas e procurando novos caminhos. Eu não sossego, literalmente. E isso não é de agora, eu sempre fui assim. Sou muito intensa e quando

EU ESTOU SEMPRE LIDANDO COM MEUS ALTOS E BAIXOS…2020-03-05T17:55:46-02:00

MINHA MELHOR VERSÃO

A melhor versão Minha melhor versão não é uma Fernanda-Buda, iluminada e perfeita. Minha melhor versão nem sempre sabe falar a coisa certa, nem sempre sabe a melhor saída, nem sempre sabe a resposta. Minha melhor versão não é tranquila, centrada e ponderada 100% do tempo. Minha melhor versão não toma suco verde, não gosta de spirulina, não tem disciplina pra fazer yoga

MINHA MELHOR VERSÃO2020-03-09T19:13:58-02:00

NO ANO QUE EU COMPLETEI 30 ANOS…

NO ANO QUE EU COMPLETEI 30 ANOS... No ano que eu completei 30 anos eu tive uma das maiores crises da minha vida. Daquelas que separam a nossa vida entre o antes e o depois daquele momento. Antes eu era praticamente um trator. Dura, firme, sólida. Sempre conquistando objetivos e ultrapassando desafios, sempre em frente, convicta. Mas, de repente, aquele modelo já não

NO ANO QUE EU COMPLETEI 30 ANOS…2020-03-09T19:31:57-02:00

MORAR FORA…

Morar fora é muito mais difícil do que parece - só quem viveu a experiência sabe Nos 11 anos que morei fora, todas as vezes que batia a tristeza, saudade e frustração de não ter certezas sobre o meu futuro, eu ouvia as famosas frases de consolação: “Não reclama porque esse é o sonho de um monte de gente e você tá aí

MORAR FORA…2020-03-09T19:45:51-02:00

EU APRENDI A ODIAR MEU CORPO LOGO CEDO…

Eu aprendi a odiar meu corpo logo cedo, bem criancinha mesmo. Ainda lembro dos dias no vestiário da escola quando todo mundo tinha que se pesar e a vergonha que eu sentia naquele ritual. Eu me escondia e era sempre a última, na esperança que a professora nem percebesse que eu estava por ali. As piadinhas “inocentes”, deboches e risadas dos adultos que

EU APRENDI A ODIAR MEU CORPO LOGO CEDO…2020-03-09T19:54:24-02:00