QUERIA SER MAIS ASSIM…

Nessas épocas de quarentena, meu passatempo predileto tem sido me jogar na cama, ouvir podcast enquanto jogo sudoku, meu hobby do momento. Vira e mexe, do meu quarto, dá pra ouvir alguns vizinhos cantando, se divertindo e eu sempre penso: “nossa, pandemia ou não pandemia, eu não sou essa pessoa. Queria ser mais assim.” “Queria ser mais assim” - a frase chave da

QUERIA SER MAIS ASSIM…2021-03-16T22:18:44-02:00

EU NÃO SOU UMA MULHER FÁCIL MESMO. POR QUE SERIA?

Quanto mais eu me fortaleço, quanto mais me centro e me asseguro na minha própria energia, mais eu tenho ouvido… … mas Fernanda, você também é muito radical … você não escuta, você só faz o que você quer … você tá ficando muito difícil Eu sempre resisto e não gosto de ouvir isso porque, lá no fundo, eu quero ser vista como

EU NÃO SOU UMA MULHER FÁCIL MESMO. POR QUE SERIA?2021-02-10T18:45:25-02:00

SUA VIDA ANDA DE CABEÇA PRA BAIXO?

Eu estou SEMPRE lidando com meus altos e baixos - SEMPRE. Se em um dia eu me sinto plena, realizada e inspirada do tipo “meu deus entendi o sentido da vida”, no outro eu já estou insegura, questionando minhas escolhas e procurando novos caminhos. Eu não sossego, literalmente. E isso não é de agora, eu sempre fui assim. Sou muito intensa e quando

SUA VIDA ANDA DE CABEÇA PRA BAIXO?2021-01-11T20:22:58-02:00

DE PASSINHO EM PASSINHO VOCÊ VAI CONSTRUIR A VOCÊ QUE VOCÊ QUER

Durante a vida passamos por experiências que vão nos moldando, crescemos em contextos que nos influenciam e modelamos pessoas que compartilham nossas histórias e, mesmo sem querer, acabamos seguindo caminhos e internalizando hábitos que definem como agimos, pensamos e sentimos. É tudo construção, treino, dedicação. Você pode ter se construído reativa e sai do sério quando as coisas não saem do seu jeito. De

DE PASSINHO EM PASSINHO VOCÊ VAI CONSTRUIR A VOCÊ QUE VOCÊ QUER2020-08-25T19:40:17-02:00

ME CONVENCI AINDA CRIANÇA, QUE EU NÃO ERA BOA O SUFICIENTE

Ao longo do caminho eu me perdi de mim mesma. Me lembro de ser adolescente e me perguntar constantemente: “o que aconteceu com aquela menina vibrante, espontânea e corajosa que existia dentro de mim?”. Eu era nova e não tinha ideia de que ainda seriam muitos anos pra eu me reencontrar comigo novamente. E hoje eu vejo que o que aconteceu foi que eu

ME CONVENCI AINDA CRIANÇA, QUE EU NÃO ERA BOA O SUFICIENTE2020-08-25T19:08:26-02:00
Ir ao Topo